O ensino das ciências no contexto da reorganização curricular do ensino básico

Article de compte rendu de la conférence


Auteurs / Editeurs


Domaines de Recherche

Pas d'articles correspondants trouvés.


Détails sur la publication

Sous-titre: do discurso às práticas e vice-versa.
Liste des auteurs: Abelha, M., Martins, I., Costa, N., & Roldão, M.
Editeur: Universidade de Aveiro
Place: Aveiro
Année de publication: 2008
Titre des séries: Colóquio Da Investigação à Prática: Interações e Debates
Page d'accueil: 206
Dernière page: 216
Nombre de pages: 11
ISBN: 978-972-789-253-2
Languages: Potugais-Portugal (PT-PT)


Résumé

A implementação do processo de Reorganização Curricular do Ensino Básico
português, em curso desde 2001, e a consequente organização do
currículo em função de

competências a desenvolver nos e com os alunos, nomeadamente as
específicas das

Ciências Físicas e Naturais, bem como o pressuposto de que esse
desenvolvimento

depende dos níveis de trabalho colaborativo entre professores,
assumem-se como

referências emergentes ao nível das práticas e da investigação.

Apesar do discurso político que consubstancia, actualmente, o Ensino das
Ciências ser inovador, os resultados de investigações mais recentes –
Abelha (2005), Ferreira (2006),

Martins (2005), Roldão et al (2007) e Sítima, (2005) – evidenciam
outras apropriações

dessas inovações ao nível das práticas curriculares, quer no âmbito das
dinâmicas de

trabalho entre professores, quer da promoção e desenvolvimento de
competências nos e

com os alunos. A relação que a generalidade dos professores inquiridos
nos estudos

referidos estabelece com a colaboração é diferente do preconizado nos
discursos da tutela e

da investigação (Lopes & Macedo, 2006), talvez porque seja difícil
trabalhar em equipa ou

investir numa dinâmica colectiva de projecto de escola (Perrenoud, 2002:
98).

Este desfasamento entre discurso, concepções e práticas curriculares de
professores

não é da sua exclusiva responsabilidade, dado que a administração
central não tem

promovido políticas consistentes, por exemplo de formação contínua, nem
desenvolve

mecanismos de acompanhamento, monitorização e avaliação do processo de

implementação da reorganização curricular (Costa, 2007: 107).

Neste sentido, apresenta-se nesta comunicação um estudo em curso,
inserido em

dois projectos de doutoramento que, desenvolvidos em rede, procuram
promover com

professores de Ciências Físicas e Naturais a co-construção de práticas
profissionais e sua

conceptualização, numa perspectiva de articulação entre o que se
preconiza, ao nível do

discurso político educativo e da investigação, e o que se concretiza,
ao nível da prática

curricular.


Mots-clés

Education


Documents

Pas d'articles correspondants trouvés.

Dernière mise à jour le 2019-10-08 à 00:15