Grupoterapia cognitivo-comportamental para meninas vítimas de abuso sexual: descrição de um modelo de intervenção

Journal article


Authors/Editors


Research Areas


Publication Details

Author list: Koller S
Publisher: Universidade Católica do Rio de Janeiro
Publication year: 2006
Volume number: 18
Issue number: 2
ISSN: 0103-5665
Languages: Portuguese-Brazil (PT-BR)


Abstract

RESUMO

O
abuso sexual contra crianças e adolescentes é uma forma de violência
que pode desencadear disfunções cognitivas, emocionais e
comportamentais que necessitam intervenção psicológica. O tratamento
das vítimas e suas famílias é um desafio para a prática de
psicólogos, devido à complexidade do fenômeno. O presente trabalho
tem como objetivo descrever um processo de grupoterapia
cognitivo-comportamental desenvolvido para casos de abuso sexual. As
técnicas utilizadas são apresentadas a partir da experiência das
autoras em uma pesquisa que objetivou avaliar a efetividade deste
modelo. Participaram do estudo 10 meninas vítimas de abuso sexual
intrafamiliar com idade entre 9 e 13 anos. Os resultados apontaram
que o processo de grupoterapia contribui para a reestruturação de
crenças, reações emocionais e comportamentais disfuncionais. O grupo
representou um elo na rede de apoio social e afetiva das meninas e
promoveu melhoras na qualidade de vida.

Palavras-chave: abuso sexual, terapia cognitivo-comportamental, infância, adolescência

ABSTRACT

The
sexual abuse against children and adolescents is a violence form
that can unchain cognitive, emotional, and behavioural dysfunctions
that will need psychological intervention. The victim’ and families’
treatment are a challenge for the psychologists’ practice, due to the
complexity of the phenomenon. The present study aims to describe a
cognitive behavioral group therapy process developed for cases of
sexual abuse. The techniques are based on previous experiences in a
research that aimed at to evaluate the effectiveness of the model.
Ten 9 to 13 year old girls, victims of intrafamilial sexual abuse
participate in the study. The results pointed out to the contribution of
the group therapy process to the restructuring of faiths, emotional
reactions, and behavioral dysfunctions. The group represented a link
in the girls’ social and emotional support network and improved their
life quality.

Keywords: sexual abuse, cognitive-behavior therapy, childhood, adolescence


Keywords

No matching items found.


Documents

No matching items found.

Last updated on 2019-13-08 at 00:15